Queda de cabelo? Pode ser eflúvio telógeno. Entenda.

Queda de cabelo? Pode ser eflúvio telógeno. Entenda.

Eflúvio telógeno é o nome que se dá à queda diária e em excesso de cabelo. Pode ser causada por um evento que ocorreu, pelo menos, três meses antes do início da queda, pois é o período de preparo para os fios começarem a cair.

Entre os motivos estão pós-parto, febre, pneumonia, sinusite, dietas restritivas, gripe, cirurgias (principalmente bariátrica) e doenças metabólicas ou infecciosas.

Existem dois tipos de eflúvio: o agudo, relacionado a fatos que ocorreram meses antes da queda e em que a pessoa passa a perder o dobro de fios, e o crônico, em que, com o tempo, o paciente fica com o cabelo mais volumoso na base, mas com o comprimento comprometido.

É indicado tratar o eflúvio telógeno quando este está relacionado a outras doenças, como a calvície. Normalmente, o problema se resolve entre 2 a 4 meses.

Existem medicamentos e produtos que auxiliam no processo de fortificação dos fios e no crescimento. Além disso, em alguns casos, pode ser tratado com luz de LED, microagulhamento ou microinfusão de medicamentos na área afetada.

Precisa de tratamento? Entre em contato com a Clínica IDEAL e agende uma consulta.