Alopecia e calvície: entenda os tipos, as causas e o melhor tratamento

Alopecia e calvície: entenda os tipos, as causas e o melhor tratamento

Quando o couro cabeludo ou qualquer outra região do corpo passa a perder cabelo repentinamente, esta condição é chamada de alopecia.

Existem vários tipos de alopecias, relacionados diretamente com sua causa. A alopecia areata, por exemplo, é provocada por fatores autoimunes ou emocionais e consiste em uma intensa queda de cabelo em determinadas áreas, deixando falhas circulares completamente sem fios.

A alopecia androgenética, também conhecida como calvície, é causada por fatores genéticos e afeta mais homens do que mulheres. No início, provoca afinamento dos fios e diminui sua espessura na região frontal da cabeça.

Na alopecia cicatricial, a destruição parcial ou total dos folículos sebáceos (responsáveis pela produção de fios e de substâncias oleosas) faz com que o couro cabeludo pare de produzir os fios permanentemente, criando cicatrizes.

Já o eflúviotelógeno se caracteriza por um período em que o cabelo cai naturalmente. No entanto, esse mecanismo pode se desregular e haver um momento de maior queda.

Para tratar as alopecias é recomendado, primeiramente, consultar um dermatologista para identificar as causas. Algumas opções terapêuticas incluem uso de medicamentos orais e/ou produtos cosméticos.

Em alguns casos, tratamentos específicos, como microagulhamento e MMP (microinfusão de medicamentos na pele), trazem bons resultados.

Ficou interessado? Entre em contato com a Clínica Ideal e agende uma consulta.

No Comments

Post A Comment